Friday, April 29, 2016

Luto, tchau pé de limão!

.óh, ciclos.

Definitivamente estou em luto, acabei de constatar que o pé de limão siciliano morreu.


É difícil aceitar, mas foi, fazia tempo que ele estava sofrendo com aqueles parasitas de árvore. Me acostumando com o novo amigo limão cravo, pézinho novo,e  agora já começamos a nos conhecer um pouco, pouco pois ainda vivo o luto.

Por algum motivo tive sorte pois registrei momentos com ele através do olhar da  fotógrafa Camila Fontenele, olha que belezura eram os limões dele:


Colhendo eles, que vergonha:



A segunda foto que tirei no instagram foi dele, ó:



Após constatar a morte do pé de limão siciliano fui fazer algo que gosto e escolhi comer um caqui, experimentei com limão cravo e só, delícia. Laranja sempre vai ser a cor do outono pra quem mora perto de Piedade.


Wednesday, April 27, 2016

Banana amassada com noz moscada!

.Jaiphal.


Só com uma pitadinha,
ela combina!

Noz moscada é aquela especiaria com gosto de especiaria, não é? No Brasil é bastante comum e bem fácil de encontrar, até mesmo em lugares mais isolados tem noz moscada no mercadinho. Mas a noz moscada tem dois temperos diferentes em um só, sabia? Na real é a única fruta exótica, comestível, que tem duas especiarias!!!!! A mais conhecida é a semente, a mais popular por aqui, e a outra é uma espécie de rede que cobre a semente e se chama macis, é linda e tem cor vermelha quando está fresca, olha:



fonte: UCLA


Mas como usar? Geralmente encontramos ela para vender em pó mas sinto que ela raladinha na hora fica beeeeem mais expressiva. Ela causa um pouco de sonolência, ou seja, levemente calmante e perfeita para usar em receitas noturnas, sem falar que é excelente para digestão. 
Em qualquer receita com banana fica uma delícia, mas é bom não exagerar! Noz moscada em excesso, tipo uma inteira, causa alucinação e dependendo da dose pode matar, mas quem cozinha sabe que só uma pitadinha é o suficiente, mas acontece, não estou brincando! Dá só uma olhada nesta reportagem aqui.

Tchau, e não esquece de reservar teu livro.

Saturday, April 23, 2016

Granola combina com açaí na tigela feito em casa

.homemade.

Granola combina com?


Sem dúvida aqui na região sudeste combina muito bem com açaí na tigela, sabe?
Convide os amigos e se prepare pois é muito fácil fazer.

Neste post já falei que o xarope de guaraná é uma verdadeira calda de açúcar o que torna a famosa tigela de açaí um falso saudável. Eu mesma demorei muito tempo para gostar desta tigela, até descobrir que em alguns lugares, não muitos,  é possível pedir sem o guaraná e somente batido com banana.

Açaí na tigela combina muito com granola caseira, que delícia!
O projeto granola é meu primeiro livro independente e contará com 30 receitas de granola, o projeto esta no Catarse em sua segunda fase, para saber mais e garantir seu exemplar acesse aqui.

Açaí na tigela feito em casa

2-3 porções

200g polpa de açaí
1 xícara de suco de uva, tangerina, amora ou laranja
1 xícara de amoras (opcional)
2-4 bananas - abacate também funciona muito bem
1 colher de café de guaraná em pó

É só bater tudo colocar em uma cumbuquinha e finalizar com granola caseira, frutas, tapioca crocante ou o que preferir. 

Me convidem, tá???



Wednesday, April 6, 2016

Aprenda como fazer PIPOCA DE AMARANTO em casa!!!!

.divirta-se.

O amaranto em grão é versátil e perfeito para pipocar e ser incorporado em preparos como granolas, barrinhas e docinhos. As sementes das espécies amaranthus caudatus, cruentus e hypochondriacus, podem ser encontrados em mercados e até mesmo plantado no jardim de sua casa.

Olha uma Granola preparada com pipoca de amaranto que vai para o livro Paz, Amor e Granola:





Fazer a pipoca em casa é bem fácil, já te expliquei neste post, e agora te oriento melhor com um vídeo. Aqui no Brasil hoje é um pouco raro encontrar o amaranto já estouradinho, diferente do México onde em qualquer loja natural a pipoquinha pura esta lá te esperando.



[Confira aqui como preparar Broto de amaranto]

Vamos fazer a pipoca?


Vamos lá:


1/2 xícara de amaranto em semente/grão
1 panela funda de fundo grosso

O primeiro passo é aquecer tua panela. Se o seu fogão for um convencional deve levar cerca de 5 minutos, chamas mais fortes vão aquecer muito mais rápido, óbvio. Enquanto isso pegue mais 2 coisinhas que vamos usar: um pote  (evite plástico) e um pano de prato limpo e seco.

Assim que a panela ficar bem quente espalhe 1 punhado de amaranto, aproximadamente de 1 a 2 colheres de sopa, e tampe com o pano de prato para não voar sementes pelo fogão, é muito rápido em menos de 10 segundos as sementinhas estão pipocadas. É só despejar a pipoca no pote e repetir o processo com o restante das sementes. Não tem erro, se a pipoca demorar para estourar é porque a panela não esta quente o suficiente. Preste atenção com os seguintes pontos, para evitar acidentes:

• Na hora de cobrir a panela com o guardanapo de pano aproveite e forme uma espécie de proteção para as mãos para segurar as alças da panela, as vezes é necessário fazer alguns movimentos circulares e a panela vai estar muito quente. Com a tampa as vezes não dá tempo e queima mas funciona também, você tem que ver pela fresta do pano como esta lá dentro e já despejar, queima muito rápido.


Farinha de pipoca

Você pode fazer uma farinha com a pipoca, descobri isto no México, é um método tradicional e fica bem mais digerível e leve. Aqui no Brasil a farinha comercializada é o grão moído, fica beeeem diferente.

Livros

O amaranto pipoca esta presente em muitas receitas do livro Paz, Amor e Granola que esta sendo financiado pelo catarse, ainda dá tempo de garantir seu exemplar aqui.

Outra novidade é um livro com receitas de amaranto que em breve será publicado pela Publifolha!!! Ansiosa.

Tuesday, April 5, 2016

Creme de goiaba

.da série delícias de um liquidificador.

Neste mês vai rolar a primeira aula de culinária do projeto Shala & Cozinha em São Paulo! O evento une práticas de yoga com aula de cozinha saudável e criativa, mão na massa gente!!!

O tema da aula de estréia é "Brunch em cumbucas" e acontece no próximo dia 16 deste mês:



     Neste calor intenso nada melhor que frutas frescas e, óbvio, que vou passar uma receitinha inspirada na aula, né? O creme é  perfeito se você tem goiaba no pé, se não tiver corre na feira que ainda tem um pouco!!!

O creme é batido com leite de coco mas pode ser preparado também com água, leite de castanhas ou até iogurte. Lá vai a receita:

Creme de goiaba com coco e chia

200 ml leite de coco caseiro
3 goiabas vermelhas maduras 
Mel a gosto
1 colher de sopa de chia

1. Processe o leite e as goiabas descascadas, coe para extrair as sementes e coloque em um recipiente.
2. Adicione a chia, mexa e deixe hidratar por 20 minutos.
3. Mexa bem para soltar as sementinhas, adoce com mel e sirva.

Sugestão/opcional:
SOBREMESA: Sirva como sobremesa! Leve para gelar durante algumas horas e sirva em um potinho lindo com uma bola de sorvete de gengibre. Que tal?

Para a opção vegan retire o mel da receita, se optar por adoçar escolha o que for mais conveniente pra ti!

INFORMAÇÕES SOBRE AS AULAS:
Local: Espaço Paramita, Pinheiros.
Inscrições: shalaecozinha@gmail.com

Monday, April 4, 2016

Cozinhando no forno solar - a primeira experiência

.delícias bronzeadas.

Oi pessoas!!! Escrevo para contar da experiência  interessante que é usar um forno solar para cozinhar.
Já faz um bom tempo que eu queria um forno deste e no fim do ano passado decidi investir, principalmente para poder desenvolver as receitas de granola com ele também. Temos um desidratador elétrico Excalibur para desidratar flores, ervas e preparar receitas de culinária viva mas sempre questionei o seu uso excessivo de energia elétrica, me incomoda, e lá no fundo da mente o forno solar pulsava.

A primeira receita cobaia foi a Granola do Sol que no fim deu super certo para uma primeira tentativa. Coloquei a granola para assar  13:15 e até 16:00 fui mirando o sol, assim que parei de buscar o sol deixei o preparo dentro do forno por mais meia hora. É muito interessante pois a energia muda e o tempo se estende, é muito legal. Esta semana pretendo preparar mais algumas receitas de granola nele para livro Paz, Amor e Granola que esta sendo financiado pelo Catarse.

Apesar de desenvolver as últimas receitas no forno solar  vale lembrar que elas também são aptas para o forno convencional.

Olha a Granola do Sol como ficou bonitinha:


Ela dorou de leve e no fim deixou escapar um cheirinho irresistível do forno. O Sol é uma energia super poderosa e ainda pouco explorada na cozinha, até hoje o sol é mais usado para desidratar alimentos (que também é muito legal) mas o forno possibilita a maior concentração de calor para preparos mais complexos, não vejo a hora de fazer um pão fermentado! Já estou fazendo o fermento novamente pois o meu morreu durante o tempo em que fiquei viajando, vamos lá! Avante! Sol por enquanto não falta!!

A Granola do Sol foi servida com fatias de caqui maduro e um creme de manga:

1 manga madura + suco de 1 limão cravo + 2 sementes de cardamomo (sem a casca)

Para a granola procurei usar ingredientes que se relacionam bem com o sol como amaranto, semente de girassol, óleo de coco, cúrcuma, semente de cacau e outros.

O projeto Granola esta na última semana de captação e para garantir um exemplar, digital ou impresso, confiram mais informações aqui.

Sunday, April 3, 2016

Lassi de manga com cardamomo

.da série delícias de um liquidificador.

Neste último sábado dei uma aula de culinária no Sesc Sorocaba para o grupo Juventudes, a  oficina que trabalhou temas polêmicos em forma de receitas faz parte da programação especial deste mês de abril "É tudo mentira?".

As receitas trabalhadas em aulas causavam estranhamento, mimetismo ou eram vítimas de tabus. O mito de que manga com leite é prejudicial a saúde, muito comum no Brasil, foi criado durante o período colonial para evitar que os escravos consumissem leite nas fazendas, e como os escravos consumiam muita manga os fazendeiros criaram este mito para tentar impedir o consumo do leite. Para esclarecer o tabu de que a mistura não faz mal preparamos e  provamos uma deliciosa e tradicional receita indiana, o lassi de manga com cardamomo. Para quem ainda não conhece a receita te conto, é fácil:

****
Lassi de Manga e Cardamomo

(2 copos)

250 ml de iogurte natural sem açúcar
1 manga grande madura, ou 2 pequenas
2 bagas de cardamomo

1. Descasque a manga, descarte o caroço e coloque em um liquidificador junto com o iogurte.
2. Abra as bagas de cardamomo, descarte a casca e coloque as sementes com os demais ingredientes, processe tudo até ficar cremoso e sirva.
*Se preferir adicione 100 ml de água para ficar mais leve.
**Se não encontrar sementinhas de cardamomo prepare sem, também fica bom com uma pitadinha de noz moscada.

Também preparamos e degustamos preparos tradicionais que são comuns em algumas culturas mas que em outras causam estranhamento como doce de feijão e o consumo de mamão verde em pratos salgados. Desvendamos o mito de que comer bolo quente não dá dor de barriga e experimentamos uma bebida que parece café mas é cevada.