Sunday, August 30, 2015

Paz, Amor e Granola

.caseira.



Que história é essa de fazer livro de Granola.
Nesta altura do campeonato é um tanto quanto estranho visualizar como tudo isso começou mas vou tentar.


  (granola Kruah!)

Foi uma espécie de estimulo local, te explico. 
Quando fui convidada para participar do bazar do MACS levei entre outras coisas algumas granolas vegans a base de amaranto e foi tudo embora. Depois de um tempo recebo um sms: "Rita, aqui é fulana de tal e gostaria de comprar mais granola...como fazemos?". Expliquei que não fazia granolas para vender e que foi apenas uma ocasião. Ela insistiu.
Quando me dei conta já tinha outros clientes e após algumas fornadas comecei a perceber que não tinha o menor sentido eu virar uma "fazedora de granolas". Afinal já executava muitas outras coisas que me davam mais entusiasmo, então o que fazer? Pensei que as pessoas pudessem usufruir deste preparo e assim comecei a anotar as receitas e vender junto com a granola. E porque não um livro com elas?

Granola - um projeto independente é um projeto de livro de receitas que começou no início deste ano e tem como propósito a realização de um material - impresso e digital  - de maneira independente e exclusivamente com receitas de granola e variações de apresentações e formatos como triângulos e as populares barrinhas.

Mas Porquoi?
A granola é um "símbolo" da alimentação saudável mas que foi devorada pela indústria e muitas vezes leva ingredientes nem tão saudáveis como conservantes, óleos refinados e aromatizantes artificiais. E por outro lado é um preparo relativamente fácil de fazer. 
Com estas sugestões de receitas gostaria de inspirar as pessoas a serem mais independentes nas escolhas e nos preparos de suas granolas e por isso gostaria de passar esta idéia através de um livro. Afinal granola caseira é uma delícia. 


   (granola amore)

O que é a granola, ora bolas.
Em latim granum é semente. A granola, intitulada primeiramente como Granula, foi um preparo desenvolvido em 1863 por Dr. James Caleb Jackson onde o cereal era assado até ficar crocante e posteriormente servido frio. Não demorou muito para Dr. John Harvey Kellogg copiar a idéia e reproduzir a receita em sua própria clínica, para não ter problemas legais mudou o nome e registrou como Granola. Em 1889 Kellogg já estava vendendo 2 toneladas do cereal por semana, pode? Eu não quero ser igual a ele, Calma!!!
Atualmente o único país que tem a patente para o nome Granola é a Australia.
Muita gente confunde mas a granola é diferente do muesli, ela é assada e crocante enquanto o muesli é um preparo cru que passa pelo demolho.

Paz, amor & Granola 
O movimento hippie contribui para a fama da granolaDurante o festival Woodstock entre tanta dança e curtição muitos esqueceram de levar comida e a organização teve problemas em incluir estrutura de alimentação no orçamento inicial do evento - o que trouxe a escassez. Como o local era distante e não tinha água corrente, luz elétrica e fornecimento de comida a granola ajudou a suprir a fome do público, afinal tem boa durabilidade e é bastante energética. E assim ela virou a queridinha entre os hippies ;)

Desenvolvimento
As receitas já estão sendo desenvolvidas e inclusive vendidas. Quem compra ajuda a financiar o desenvolvimento de uma receita e como brinde já ganha a receita. Neste processo atual também já estou testando as possibilidades de impressão e diagramação. Procuro usar uma variedade de ingredientes de forma que fique claro as possibilidades existentes. Muitos ingredientes são orgânicos e de origem agroecológica. Ainda não sei se vai ter fotos ou desenhos, só sei que vai ter granola de todos os tipos vegan, sem glúten, com glúten, crua, viva, assada, sem açúcar, adoçada... 


(creme de abacate e especiarias + calda de cacau + granola latina)

Os lotes
Os lotes de granola são pequenos, em torno de 5 a 25  potes por receita no máximo. A idéia inicial era completar 15 receitas e, na altura deste post, estou finalizando a 09 - Granola Asteca - e estou sentindo que vou ultrapassar a meta. A Granola Batuta - primeira receita de granola do blog - não foi comercializada mas  financiada quando ganhou vida com o iogurte natural orgânico da Toca, e por isso ela vai entrar no projeto.

                                                                                       
        (granola ouro)                                        
         (granola chocolate)

Diversidade
Comecei assando as granolas em forno à lenha, depois migrei para o forno a gás e atualmente estou nas receitas preparadas em desidratador elétrico e o que vem depois não posso mais contar pois ainda precisa ser realizado.

Para quem não cozinha fica difícil entender que o processo é simples, mas ao fazer duas ou três receitas já é possível entender o processo de elaborar uma granola e quando você menos esperar vai produzir a própria granola em casa. A parte boa de aprender  a fazer é que você pode elaborar uma personalizada com os ingredientes que são ideais para o seu organismo e que estão de acordo com a realidade ao seu redor.


       (triângulos de quinoa e amaranto)

Assim que conseguir finalizar as receitas a parte da produção do material impresso provavelmente será através de financiamento coletivo ou patrocínio, estou aberta. Por enquanto a elaboração - que consiste em desenvolver, testar/produzir, padronizar, escrever e distribuir esta sendo financiada pela própria venda de granolas. 

Se você quiser participar do processo adquirindo uma granola você pode me contatar pelo email: pratopapel@gmail.com ou quando sobram algumas disponibilizo pela lojinha.

Logo mais tem mais ;)



+:NY Times
Huffington post


2 comments:

thatiana Bandeira said...

Amo fazer granola em casa! Vou querer comprar o livro quando estiver disponível
Thatianabandeira@hotmail.com

Rita Taraborelli said...

Thati, estou no processo em breve aviso ;)