Tuesday, June 5, 2012

Pão de Lua



.sim, existe!.

Ontem a lua estava linda aqui em São Francisco Xavier.
Sabe o que? Fico feliz em saber que, apesar da distância,  estamos embaixo do mesmo céu. Isto conforta, acalma.
Amassei de noite e ele cresceu ao luar, pela manhã assamos e o pão ficou um gato, delicioso.
Foi feito com farinha branca porque aqui não tinha integral para vender, o mercado é fechado de segunda feira. Mas abstraia a nutrição do trigo e pensa que o importante para este pão é ele crescer sob a luz da lua, o resto é detalhe técnico.
Preparado?
Aproveita que a lua tá cheia ainda.
2 xícaras de abóbora paulista cozida e amassada
4 xícaras de farinha de trigo branca (se quiser substitua por integral)
1 colher de sopa de mel
1 colher sobremesa de sal marinho
1 colher de sopa de fermento biológico granulado
1/2 xícaras de água

Por volta de oito ou nove da noite misture a água com o fermento, 3 colheres de sopa da farinha e o mel, mexa até formar um mingau. Deixe descansar até formar algumas bolhas, assim confere se o fermento esta vivo.
Em um recipiente coloque o purê e o mingau, mexa bem e aos pouco vá acrescentando o sal e a farinha, continue mexendo até despregar das mãos e formar uma massa macia.
Polvilhe uma bancada com farinha e transfira o pão, amasse por alguns minutos até que a massa fique bem homogênea e elástica, se necessário adicione mais farinha. Coloque a massa de volta no recipiente, polvilhe farinha e cubra com um guardanapo de algodão.
Deixe a massa crescer e dobrar de volume sob a Lua cheia, se estiver frio.
Caso esteja calor deixe a massa crescer na geladeira.
Pela manhã, assim que o pão tiver crescido, retire todo o ar e então molde 2 pães, descanse a massa até dobrar de volume novamente, só que agora no sol, e asse em forno quente por 40 minutos ou até dourar.

4 comments:

Marilia said...

Que máximo, não conhecia a receita e adorei!
Beijo,
Marília

rodrigorpm said...

Sem palavras para agradecer...
por todo conteudo oferecido...
Paz Luz e Boas Energias Sempre!
já ouviu falar das utilizacoes da cannabis?

Unknown said...

Adorei essa receita, e fiquei com vontade de fazê-la na próxima lua. Mas aqui onde moro (Aracaju), não sei se encontro essa abóbora paulista. Poderia fazer com qualquer outra?
p.s: o comidinhas vegetarianas se tornou o meu livro favorito!

Rita Taraborelli said...

Claro!!! Pode fazer com moranga também!!!
Boa lua!! beijos
R