Thursday, July 31, 2008

Mutação

.meditation serie.

Medita . Meta . Muda . Muta . Melhora . Mente . Membros . Membranas . Momento . Meu . Mundo . Mágico . Maravilhoso . Mesmo!

Wednesday, July 30, 2008

Torta de banana com chocolate

(Em: resquícios da verdurada)


Este domingo teve a Verdurada e essa torta passou por lá!
Já era.
Acabou, comeram tudo!
Mas lembro a receita:

Torta de banana com chocolate
*vegan!

2 copos de farinha de trigo integral (ou branca se você for bem punk)
1 xícara de farinha de  arroz, farinha de  quinoa fina ou farinha de banana
1 1/2 xícara de açúcar mascavo
1 xícara de aveia em flocos
1 colher de chá de canela
3/4 xícara de gordura de coco, óleo de girassol ou manteiga
1 dúzia de banana nanica bem madura (ou mais)
300 gramas de chocolate meio amargo

Como proceder: Faça uma farofa com os 6 primeiros ingredientes, se ficar muito seca acrescenta uma colher de água fria. Forre uma forma untada com metade dela, siga com uma camada de bananas fatiadas ao meio no comprido (haha)*. Pique grosseiramente 200 gramas do chocolate na faca e coloque sobre as bananas, coloque o restante da massa, as bananas novamente e polvilhe mais canela. Leve para assar por (mais ou menos) 30 minutos ou até a casa começar cheirar a banana & canela (belo par)! Se você não tem costume com o forno, não se preocupe, Você vai saber a hora! Depois que sair do fogo derreta o chocolate restante e faça um zig zag com ele em cima da torta, se expresse em linhas e curvas, siga seu critério.

Friday, July 25, 2008

Bolinho de Figo e Castanha do Pará

(para 3 pessoas)
*Sem glúten


Este bolinho dividiu um "chá" de amigas.
Pra quem gosta de umidade este aqui fica bem molhadinho!

120 gramas de figo turco triturado ou picado na faca
20 gramas de ameixa seca
1 ovo caipira de verdade
50 gramas de açúcar mascavo
30 gramas de farinha de arroz integral
1 colher de café d canela
1 pitada de macis**
1 pitada de cravo em pó
1 pitada de sal
1 colher de café de fermento royal
30 gramas de castanha do Pará picada

Como faz:
Bate o ovo com o açúcar na batedeira, colocar as frutas secas e continuar batendo, acrescente a farinha, especiarias, fermento e por último a castanha.
Assar em forminha de bolo inglês retangular por 35 minutos a 180 graus

Sugestão de acompanhamento: Chá de Hibiscus

** Macis é a casca em que a noz moscada é envolta, é uma especiaria forte e super saborosa, encontra em locais que comercializam muita especiaria como a bombay e lojas que vendem produtos arábes e indianos.

Wednesday, July 23, 2008

caldo de legumes . veggie stock


Aqui vai uma receita para utilizar como base. O caldo depois de pronto pode ser usado para fazer sopas, molhos, reduções e risotos.
Faça os caldos da tua casa ao invés de comprar pronto, é muito mais saboroso.

1 cenoura
2 talos de salsão
1 cebola
3 dentes de alho
1 folha de louro
1 colher de pimenta do reino em grão
1 ramo de tomilho
1 ramo de salsinha
folhas de 1 alho poró
sal

Preparo: Coloque tudo em uma panela e cubra com água filtrada, levante fervura, abaixe o fogo e cozinhe por 1 hora, coe e pode utilizar!


* Teoricamente o caldo é feito com as sobras da cozinha como rebarbas e casca de legumes. pode por abobrinha, mandioquinha, manjericão, cebolinha, talo de couve flor e folhas também! Não esqueça de lavar bem e retirar todo resíduo de terra. Para fazer um caldo mais asiático acrescente pimenta dedo de moça, gengibre, limão, raiz de cebolinha e coentro. Para fazer um de cogumelos é só acrescentar talos, cogumelos e se quiser um pouco de missô ou shoyu, e por aí vai até onde sua criatividade pode atingir.
Para congelar coe, espere esfriar e coloque em potinhos de plástico que você reutiliza! Boa sorte e diga Urgh para o caldo Knnor, sazon e afins.

Monday, July 21, 2008

Iogurte com maracujá







Receita
(individual)

1 maracujá maduro
1 copo de iogurte natural* sem açúcar
1 colher de sopa de pólen
1 colher de melado

1. Misture tudo, inclusive as sementes do maracujá, mexa bem e coloque em uma cumbuquinha linda, sirva com bananas ou/e morangos.

Sunday, July 13, 2008

Sal do Himalaia


O Sal do Himalaia é O Sal! Além de ser cor de rosa, devido ao alto número de minerais, ele salga perceptivelmente diferente que o sal marinho.

Mas como é esta diferença?

Bom, o Sal adquire sabores e propriedades conforme o seu Terroir, lugar de origem, solo, pressão, clima e outras questões físicas e geológicas que proporcionam características e composições únicas.
O Sal em questão vem mesmo do Himalaia e é colhido em depósitos milenares de sal que provém de vestígios de um enorme oceano pré-histórico.
Devido a enorme pressão exercida ao formar-se a cordilheira do Himalaia, durante milhões de anos, este sal resultou em características orgânicas únicas deste local. Contém nada mais nada menos que 84 elementos que compõem o nosso corpo humano.

Onde tem? Fora do Himalaia você encontra em lojas de produtos naturais, escolas de yoga, centros holísticos ou supermercados especializados.
Pode substituir normal pelo outro sal, mas na minha opinião - paladar - ele salga mais e diferente!

Experimente: Pipoca com Sal do Himalaia!

Estudo feito na Austria, publicado, sobre este sal aqui.

Thursday, July 10, 2008

Bolo de Banana com especiarias

.receita de presente.


Hoje levei um bolo de banana com especiarias para a aula de modelagem. As meninas confirmaram novamente que posso casar.
A professora disse que os bolos que eu faço são leves, diferente dos outros que come por aí. "Mas que outros?" - imaginei bolos com coberturas brilhantes e cereja de chuchu por cima. Foi quando ela me perguntou como eu fazia. Como?
O segredo são os ingredientes. Ingredientes de verdade são tudo em uma receita. Eu uso ingrediente de verdade na medida das possibilidades ao meu redor. Se tiver dúvida questione:
De onde veio?
Como é feito?
Parece que saiu da terra ou de uma máquina?
É de verdade?

Verdade, nada mais que a verdade.

Bolo de banana com especiarias

3 bananas super maduras amassadas
100 gramas de manteiga sem sal ou ghee
100 gramas de açúcar demerara orgânico
2 ovos super caipiras
75 gramas de farinha de trigo
75 gramas de farinha de trigo integral
50 gramas de farinha de quinoa
1 pitada de sal
1 pitada de gengibre em pó
1 pitada de pimenta do reino em pó
1 pitada de macis
1 colher chá de canela em pó
1 colherzinha de baunilha em pó (ixi só tem na França) ou tonka ralada
1 colher sobremesa fermento químico
30 gramas de xerem (castanha de caju)

Preparo:
1. Bata a manteiga (em temperatura ambiente) com o açúcar na batedeira até ficar fofo, incorpore os ovos e a banana, bata até ficar homogêneo.
2. Desligue a batedeira e coloque os secos+especiarias, coloque as castanhas e mexa bem. Despeje o preparo em uma forma untada e leve ao forno.
3. Assar durante 45 minutos a 180 graus.
4. Leve de presente para alguém.

Sunday, July 6, 2008

Chimango

(receita desenhada)


Chimango. Tipo um biscoito baiano que pode ser doce ou salgado, assado ou frito e tem como base o polvilho*.

Esta receita tem uma história.

Quando chegamos Tereza cumprimentou, disse algumas frases e já foi pra cozinha. E eu segui.
D. Tereza, é uma senhora que mora em Tucano-BA. Ela tem hábitos rudimentares e um estilo de vida bastante rústico.
O cabelo dela é todo personalizado por ela mesma e se veste com vestido velho até os joelhos.
A janela é seu biolixo. Ali joga tudo para as galinhas e bichos comerem.
Sua casa não tem energia, nunca teve, o fogão é de lenha e as portas e janelas de madeira pintada.
Os ovos são de suas galinhas super caipiras que deixaram o chimango amarelo "ovo".
Em seu jardim com biolixo alimentar tem pé de manga e outras árvores de fruta, tem ervinhas, galinhas e nenhuma flor.
Aquele dia tomamos café em copo usado e comemos chimango.
Foi delicioso, cinematográfico e bem sujo de vida.

*Polvilho é a fécula da mandioca, ou seja o amido da mandioca. Existe o doce e o azedo, o qual tem sabor e fermentação bem diferente. Os chimangos gostam do polvilho doce!